UM PREFEITO FOI PRESO EM SEU PLENO EXERCÍCIO DO MANDATO. E O QUE ISSO TEM HAVER?

 



Ora, prender um político em seu pleno exercício do mandato é muito mais econômico para a Justiça e para a Polícia, sabia? Sim, dessa forma o acusado não tem o tempo hábil para queimar provas e coagir testemunhas. Através de delações premiadas o Prefeito Marcelo Crivela foi preso por suspeita de um grande esquema de corrupção, mas já disse que vai recorrer no Supremo Tribunal Federal. Porém o título desse artigo de opinião diz que “um prefeito foi preso em seu pleno exercício do mandato. E o que isso tem haver? ” Tudo!

Bem, eu creio que a essa altura do campeonato milhares de prefeitos em todo Brasil estão em choque e com insônia. Esses são Prefeitos que fizeram mal uso do dinheiro emergencial de Combate ao Corona Vírus comprando respiradores com o triplo do valor do preço de mercado; construções de hospitais de campanha que mais se parecem umas tendas circenses, onde o uso e a producência foi quase zero. 

Sim, parece que a armação de criminalizar o Presidente da República imputando-lhe a pecha de genocida, irresponsável e debochado nessa pandemia está voltando-se aos urubus de algozes! Aqui em minha cidade (Juazeiro-BA) políticos dessa estirpe estão com as “barbas de molho”, tanto os que terminam seus mandatos quanto os “novos” que supostamente projetaram durante a campanha o “como enriquecer com o dinheiro do povo” durante suas gestões. Afinal, a Polícia Federal andou gostando muito dessa ideia de ficar uns dias aqui em Juazeiro.  Uma coisa eu digo: a população está de olho. E o melhor: perdeu o medo de abrir a boca!

 

ERRY JUSTO - Jornalista

Postar um comentário

0 Comentários